sexta-feira, agosto 05, 2011

Solidão!



É vaga a solidão
As paredes têm vários tons
O teto dança sobre minha mente
Que vagueia em busca do passado
E não vejo esse passado mais
Ficou para trás
Marcou tanto,
Que nem pedaço deixou,
 Nem lembranças, nem saudade
Já não lembro quanto tempo faz
De tanto tempo, que se passou
Mas ficou...
Ficou a solidão, uma ilusão
Uma esperança...
 De uma nova paixão!


*

Beijos carinhosos de sempre

2 comentários:

  1. Uma nova paixão arrasa sempre com a solidão...
    Belo poema, gostei imenso.
    Querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Suas palavras transmitem um aperto no peito...
    Aquela tristeza no fundo da alma...
    Esses sentimentos me fazem cia sempre rs!

    Mas estamos sempre buscando algo que nos fortaleça!
    Parabéns

    ResponderExcluir

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!