segunda-feira, maio 24, 2010

Menina -mulher


Era uma vez uma menina

Uma doce e linda menina

Teve seu primeiro namorado

O seu primeiro amor

Amou tanto, que achava,

Que morreria de tanto amar

Mas não durou

Cada qual seguiu seus caminhos

Ela caminhou mais além

Ele ficou parado no tempo

Ela se apaixonou muitas vezes

Ele fingiu se apaixonar

Outras vezes se encontraram

Já não eram mais meninos

Olharam-se

Amaram-se

A menina virou mulher

Mas ainda assim

Não era pra ser

Ela tornou a seguir caminho

Ele ficou ali olhando o tempo

Ela criou laços

Ele sozinho ficou

Um dia ele partiu

A menina,

Que já não era mais menina

Chorou!

Perdeu o brilho nos olhos

Tentou amar de novo

Como se fosse à primeira vez

Mas, o coração nunca mais sentiu

Aquele doce e puro amor

E hoje a mulher que um dia foi menina

Ao lembrar seu primeiro amor

Único amor

Seus olhos tristes ficam

E se enchem de água

E chora feito criança

Porque na vida

Apaixona-se muitas vezes

Mas se ama apenas uma vez

E hoje a mulher que já não

É mais menina

Olha o céu, a procura

De uma estrela a brilhar

E de lá ela sabe

Que a estrela

Olha a menina-mulher, de saudades

A chorar!

Beijos carinhosos de sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!