quarta-feira, maio 13, 2009

Um amor para sempre!


Aonde foi parar o meu sorriso?

Em que lugar do tempo à vida parou

E os sonhos, onde foi que se perderam.

Ser poeta é ser triste,

Que minha tristeza não transpareça

Em meus olhos, e nem em minha face,

Que eu faça poemas pela vida afora

Mesmo que meus versos sejam tristes

Porque deles sairão, todo o meu sentimento,

Toda a minha emoção

E quando mais tarde, vier à morte,

Saberei que em algum lugar

Ficou a poesia de um coração apaixonado

Ficou um coração que soube amar

E que minha vida, por mais triste que tenha sido,

Valeu a pena ser vivida,

Por ter amado tanto, apenas um alguém,

E levarei comigo, todo esse amor,

Que pra sempre vai existir!

E em cada brisa que eu sentir,

Quando não mais estiver aqui,

Saberei que é a minha fonte de emoção

O meu mais puro amor, que estará,

Soprando forte, um vento em sua direção,

Para dizer-te, que a minha saudade,

É o amor que ficou guardado pra sempre

Dentro do meu coração!



**

S.M

**


Beijos carinhosos de sempre!

domingo, maio 10, 2009

Saudade, Mãe!


O tempo passou,
Veio um vento forte
E soprou tuas sementes
Estão todas espalhadas
A única semente que o vento não levou
Não espalhou
Nem sequer mexeu
Foi a semente do esquecimento
Continuas fazendo falta
A saudade ainda é imensa
A certeza, porém, de que
As sementes germinarão
E hão de florir
Me impulsiona
A crer no futuro
Onde as flores falarão de você.

**


Onde você estiver,
Meus pensamentos estarão
Sempre em você.
Porque minha metade
Foi embora junto de ti
Minha mãe tão amada!
**
S.M