sábado, maio 17, 2008

Apenas sonhos!


A madrugada veio,
Senti o frio percorrer o corpo
Sozinha, olhando para o nada
Tive a sensação de que sua mão
Estava a me procurar
São saudades, são lembranças
De um amor apenas sonhado
Fica a tristeza do algo que não concretizou
Do amor que não se fez
Do olhar que não teve
Da vida que passou por nossos olhos
E nada aconteceu!



**

Vou voltar forte...
Em busca de concretizações,
Em busca de momentos verdadeiros
De olho no olho,
De corpo no corpo.
Porque estou viva,
E preciso ser amada!


**

Beijos carinhosos de sempre.

Um comentário:

  1. Belíssimo poema de amor. Sózinha... mas viva...

    Também agradeço as suas visitas e comentários que tem feito no meu blogue.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!