quinta-feira, maio 17, 2007

O amor sobrevive a tudo.

Um dia avisaram os moradores
de uma ilha que ela
seria inundada.
Apavorado, o amor
cuidou para que
todos os sentimentos
se salvassem.
E disse:
- Fujam, fujam, a ilha
vai ser inundada!
Mas o amor não se apressou.
Ele queria ficar um pouco
mais na ilha.
Quando ele estava
quase se afogando,
pediu socorro à riqueza
que vinha chegando numa canoa.
- Riqueza, me leve com você.
- Não posso, meu barco
está cheio de prata e ouro.
Não há lugar para você.
Aí veio o barco da vaidade
e o amor falou:
- Vaidade, posso ir com você?
- Não pode.
Você vai sujar o meu barco.
Veio então a tristeza.
- Tristeza, me leva com você,
disse o amor.
- Ah amor, estou tão triste.
Preciso ir sozinha.
Aí veio a alegria,
mas ela estava
tão alegre que
nem ouviu o amor.
Já desesperado,
achando que ia
morrer afogado o
amor começou
a chorar quando veio um
homem idoso que disse:
- Sobe amor, eu te levo.
O amor ficou tão feliz
que embarcou logo,
sem nem perguntar
o nome do homem.
Chegando num local seguro,
o amor encontrou
a sabedoria e
perguntou quem era
aquele que o tinha salvado.
- O tempo, respondeu a sabedoria.
Porque só o tempo é capaz de
entender um grande amor.
Quem ama sabe disso.

**
Ainda te espero, sei que é você
que eu quero.
Só a saudade que bate fundo
me tira do meu mundo
e me faz triste assim.
Mas continuarei aqui
a esperar...
Porque sei que voltará.

*

Beijos carinhosos de sempre.

4 comentários:

  1. Lindo poema! Linda História...

    O seu blog é encantador. Que Deus continue lhe abençoando grandemente.

    Conte comigo...

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Muito lindo o poema, um ótimo fim de semana!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei, você sabe escolher os temas.
    beijos Juan

    ResponderExcluir
  4. Olha estou afim de abrir um blog
    Adorei tudo o que você criou
    Pulfavor entre em contato comigo no meu mail
    Beijos Ana Caroline Melo

    ResponderExcluir

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!