segunda-feira, março 26, 2007

Quem é você...


Quem é Você
Isolda E Eduardo Dusek

Quem será que me chega na toca da noite.
Vem nos braços de um sonho que eu não desvendei.
Eu conheço o teu beijo, mas não vejo teu rosto.
Quem será que eu amo e ainda não encontrei...
Que sorriso aberto
Um olhar tão profundo
Que disfarce será que usa pro resto do mundo
Onde será que você mora, em que língua me chama
Em que cena da vida haverá de comigo cruzar
Que saudade é essa do amor que eu não tive
Porque é que te sinto se nunca te vi
Será que são lembranças de num tempo esquecido
Ou serão previsões de te ver por aqui
Então vem
Me desvenda esse amor que me faz renascer
Faz do sonho algo lindo
Que me faça viver
E se fiz com os céus algum trato
Esclarece esse fato que me faz compreender
Desse beijo esse abraço na imaginação
E descobre o que guardo pra ti em meu coração
Mas deixe eu sonhar, deixa eu te ver
Vem e me diz quem é você
Mas deixa eu sonhar, deixa te ver
Vem e me diz quem é você
*

Linda essa letra, cantada na voz
da Simone, se torna divina.
**
Sinto o seu beijo, seu abraço
mesmo que distante,
e nos meus sonhos você está
a todo o intante!
*
Beijos carinhosos de sempre.

quinta-feira, março 22, 2007

Meu homem!



Tem pessoas que é tão fácil falar delas
são pessoas que tocam o coração
nos deixam mais leves, felizes.
É como apreciar um pássaro,
uma flor,
ler um bom livro ,
assistir um filme que nos
prende a atenção.
Pessoas especiais tem seu valor,
tem seu lugar cativo,
enchem nossa alma de alegria e paz.
Assim é essa pessoa de quem eu falo
alguém muito especial em minha vida
que chegou devagar, sorrateiramente,
fazendo morada dentro de mim.
Veio, e entrou deliciosamente
dentro do meu coração,
se instalou como alguém que já
conhece a sua fêmea, e não se fez de rogado,
não pediu licença escolheu seu cantinho
e aqui está, e aqui vai ficar.
Faz-me sentir importante,
querida e amada.
É assim meu homem,
me faz sentir rainha
que me pega de jeito de qualquer jeito
e que me ama e amo incondicionalmente.
Somos dois?...
Não, não somos mais duas pessoas
somos uno, únicos, porque
meu coração bate dentro dele, e o dele
bate aqui dentro de mim.
Infinitamente!
(Soraya)

**

''Somos cegos e cativos
No deserto do universo sem amor
E é por isso que eu preciso
De você como eu preciso
Não me deixe um só minuto sem amor
Vem comigo
Meu pedaço de universo é no teu corpo
Eu te abraço corpo imerso no teu corpo
E em teus braços se une em versos a canção
Em que eu digo
Que estou morto pra esse triste mundo antigo
Que meu porto, meu destino, meu abrigo
São teu corpo amante amigo em minhas mãos
E é por isso que eu preciso...
Vem que eu digo
Que estou morto pra esse triste mundo antigo
Que meu porto, meu destino, meu abrigo
São teu corpo amante amigo
em minhas mãos."
**

Beijos carinhosos de sempre.

segunda-feira, março 19, 2007

Mas...so chove...chove.


Primeiros Erros -Kiko Zambianchi


Meu caminho é cada manhã
Não procure saber onde vou
Meu destino não é de ninguém
Eu não deixo os meus passos no chão
Se você não entende não vê
Se não me vê não me entende
Não procure saber onde estou
Se o meu jeito te surpreende
Se o meu corpo virasse sol
Minha mente virasse sol
Mas só chove, chove
Chove, chove
Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
O meu corpo viraria sol
Minha mente viraria
Mas só chove, chove
Chove, chove
Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
O meu corpo viraria sol
Minha mente viraria
Mas só chove, chove
Chove, chove
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove
**
As vezes um erro, faz um estrago danado
pro resto da vida.
*
Beijos carinhosos!

terça-feira, março 13, 2007

Você me faz bem demais.


Detonautas- Você me faz tão bem.
*
Quando eu me perco é quando eu te encontro
Quando eu me solto seus olhos me vêem
Quando eu me iludo é quando eu te esqueço
Quando eu te tenho eu me sinto tão bem
Você me fez sentir de novo o que eu
Já não me importava mais
Você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Quando eu te invado de silêncio
Você conforta a minha dor com atenção
E quando eu durmo no seu colo
Você me faz sentir de novo
O que eu já não sentia mais
Você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Não tenha medo
Não tenha medo desse amor
Não faz sentido
Não faz sentido não mudar
Esse amor
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem

**

Um ano...365 dias...
cheio de amor
carinho
ternura
palavras
sonhos
beijos
lágrimas
saudades
sentimentos
risos
brincadeiras
alegrias
troca
cumplicidade
Foram tudo isso que fizeram a diferença
nesses 365 dias junto de você.
Feliz aniversário pra mim, pra você
pra nós.
Amo-te°
Beijos com todo o meu carinho pra você!
**


Beijos carinhosos de sempre.

quinta-feira, março 08, 2007

Mulher..simplesmente mulher.


A mulher como centro de universalização poética
é aquela que tem nome
e também sobrenome,
é a que tem deveres,
e também tem direitos,
é a que chora,
é a que ri,
é a que é mãe e muitas vezes
é também pai,
é a filha,
é a irmã,
é a tia,
é a avó...
Meninas!...
Moças!...
Senhoras!
A todas as mulheres,
sem distinção de cor,
credo e tribo.
Solteiras!...
Concubinas!...
Casadas!...
Essencialmente emancipadas!
A mulher professora,
a mulher doméstica,
a mulher motorista,
a mulher atleta,
a mulher presidente,
a mulher proprietária...
Independentemente a profissional mulher...
A mulher em beleza,
Elegância e Sensualidade!
A mulher que elege,
a mulher eleita,
a mulher escritora,
a mulher que canta e encanta...
A mulher da arte...
A mulher obra de arte...
A mulher em casa,
na rua ou no trabalho...
Em essência mulher...
Unicamente mulher!
A mulher amada...
Amante...
Apaixonada...
A mulher urbana,
a mulher rural...
A mulher singular,
a mulher plural...
A mulher alimento,
mas também canibal...
A mulher intrinsecamente maniqueísta!
A mulher feminina,
a mulher feminista...
A mulher de uniforme,
de saia,
de vestido,
de calça,
A mulher em pele...
A mulher em alma...
A mulher em formas aos olhos
de quem se a tem a admirá-la...
Magra...
Gorda...
Negra...
Branca...
Baixa...
Alta...
Em essência mulher...
singularmente mulher!
Poeticamente MULHER!!!!
**
Emanuel Ferreira da Silva ''Manollo Ferreira''
**
À mulher guerreira
simplesmente mulher...
à mulher
a nós mulheres,
que lutamos,
que vivemos,
que sonhamos,
que nos entregamos
com amor,
com carinho,
aos nossos ideais,
Feliz dia da mulher!!!
**
Beijo com meu carinho de sempre!

quinta-feira, março 01, 2007

Me encante...



Me encante da maneira que você quiser,
como você souber.
Me encante, para que eu possa me dar.
Me encante nos mínimos detalhes.
Saiba me sorrir, aquele sorriso malicioso e gostoso,
inocente e carente.
Me encante com suas mãos,
gesticule quando for preciso,
me toque, quero correr esse risco.
Me acarinhe se quiser,
vou fingir que não entendo,
que nem queria esse momento.
Me encante com seus olhos,
me olhe profundo, mas só por um segundo,
depois desvie o seu olhar, como se o meu olhar,
não tivesse conseguido te encantar...
E então, volte a me fitar,
tão profundamente,
que eu fique perdida sem saber o que falar...
Me encante com suas palavras,
me fale dos seus sonhos,
dos seus prazeres,
me conte segredos,
sem medos...
E depois me diga o quanto te encantei.
Me encante com serenidade,
mas não se esqueça,
também tem que ser com simplicidade,
não pode haver maldade.
Me encante com uma certa calma,
não tem pressa,
tente entender a minha alma.
Me encante como você fez com a primeira namorada,
sem subterfúgios,
sem cálculos,
sem dúvidas,com certeza.
Me encante na calada da madrugada,
na luz do sol ou embaixo da chuva.
Me encante sem dizer nada
ou até dizendo tudo,
sorrindo ou chorando,
triste ou alegre...
E prometo te encantar todos os dias,
do resto das nossas vidas!!!
Mas me encante de verdade, com vontade...
que depois,
eu te confesso que me apaixonei....


**
Autor: Pablo Neruda.
**
Nem é preciso me encantar... já me sinto encantada por você.
E nem é preciso confessar que me apaixonei,
porque meus olhos já confessam por mim!
**
Beijos carinhosos de sempre!!!