quinta-feira, janeiro 18, 2007

Êta trem bão demais sô!!!

Minas Gerais
-Dicionário de Viagem
**
Ao viajar pela primeira vez para Minas Gerais,
caso você não conheça muitos mineiros,
pode ter dificuldades em entender o palavreado
e em se fazer entender.
É bom tentar se adaptar, já que nos lugares mais tradicionais,
pessoas de fala difícil ou muito correta podem
ser tomadas por "exibidas" (presunçosas ).
Estas são algumas dicas para que você não dê vexame.
Noções de Mineirês para "estrangeiros".
Apesar de ter fama de fala-mansa,
o bom mineiro costumar "engolir" uma parte das palavras,
principalmente as últimas sílabas.
Por exemplo, veja a seguinte frase
traduzida para o mineirês:
- Mineiro engole metade das palavras.
- Minerr engol metádaspalavra.
engol pronuncia-se como se se fosse falar goleiro,
mas parando-se bruscamente antes de se pronunciar o "e".
- "Uai" é indispensável.
Uai significa nada e tudo ao mesmo tempo.
Tudo depende do contexto e da entonação.
"Mas comus mineir gosta de falá, uai é uai, uai...."
- Para se admirar ou aprovar alguma coisa solte um sonoro:
"Mai qui belêzz!"
- Para pedir uma confirmação pergunte:
"Émêss?" Significa: É mesmo?
- Para pedir que alguém concorde com você, dispare um:
"Némêzz?"Significa: Não é mesmo?
- Para reforçar qualquer expressão, use "Dimái da conta".
"Issé bão dimái da conta!"
- Em conversas informais, principalmente em bares,
comece todas as frases por "Rapái".
Com um pouco mais de entonação,
pode servir para indicar uma exclamação:"Rapáááíiii !!!!"
.- Use sempre "i" no lugar de "e".
Exemplos:menino minino especial ispecial eu e ela eu i ela vestido vistido
- Para chamar a atenção para você mesmo, diga:
"óiquió." Significa: Olhe aqui.
- Para chamar a atenção para outra coisa, diga:
"óiquió" e aponte o dedo para a coisa.
- Na falta de vocabulário específico para qualquer objeto,
utilize a palavra "trem",
que serve prá tudo, exceto prá definir transporte ferroviário.
- Embora se diga que mineirr chama trem de coisa,
isso é só em piadas.
Se você disser que vai sair prá pegar a coisa,
certamente será mal interpretado.
Trem é trem-de-ferro.-
"Onzz" não é número, é o meio de transporte coletivo rodoviário.
"Ói, lá vem o onzz da seis!"
- Se você não sabe onde está e nem prá onde vai, pergunte:
"Oncotô?" Significa: Onde é que eu estou?
"Proncovô?" Significa: Prá onde eu vou?
"Pron nóisvai?" Significa: Prá onde nós vamos?
- Use sempre o sufixo diminutivo "in".
Exemplo:pequeno piquininin lugar lugarzin
mineiro mineirim pouco pôquím coisa pequena trenzim
- A exceção é a palavra coisa.
Coisinha pode ser interpretada como boiola, em alguns lugares.
- Se estiver com fome, peça "cafezin cum pão dji queijj".
- Prá ajudar a fazer café, primeiro pergunte:
"Pópoupó"?. Significa: Posso por o pó [de café]?
Se responderem "pópô", é afirmativo.
Se achar pouco, ou que o café ficou ralo, pergunte:
"Pópô mapoquim dipó"? Significa: Posso por mais um pouco de pó?
- Se você for convidado prá "tomá um cafezin laimcáss"
(Tomar um cafezinho lá em casa),
mas não estiver certo se poderá ir,
diga simplesmente:
"Confófô eu vô."
Significa: Se der, eu irei.
- Se algo o impedir de ir, explique:
"Eu tenquifazê uns negocim hojj."
- Se não souber de alguma coisa, seja enfático, duplicando a negação:
"Num sei não."
- Para avisar que você está indo para o banho,
diga preguiçosamente:"Máaabaaainnnn."
- Para ofender alguém, diga: "Máabainn na soda!
"Significa:Vá tomar banho na soda! (não é refrigerante, é NaOH mêsss...)
- Para ofender mais severamente, diga:
"Cêbêsta sô!" Significa: Você é uma besta!
- Se alguém lhe pedir ajuda "pá redá uns trem",
prepare-se prá fazer força.
"Redá" é o mesmo que "rastá", ou tirar alguma coisa do lugar.
Exemplo: "Júda redá ess trem quió."
- Ao terminar uma frase,
conclua com a palavra "Sô"; ou "Sá"se estiver falando com uma mulher.
Fala de mineirim é assim mêsss.
Máêtapovimbão, sô.
**

"Ser mineiro é não dizer o que faz nem o que vai fazer,

é fingir que não sabe aquilo que sabe,

é falar pouco e escutar muito,

é passar por bobo e ser inteligente,

é vender queijo e possuir bancos.

Um bom mineiro não laça boi com embira,

não dá rasteira no vento,

não pisa no escuro,

não anda no molhado,

não estica conversa com estranho.

Só acredita na fumaça quando vê o fogo,

só arrisca quando tem certeza,

não troca um pássaro na mão por dois voando.

Ser mineiro é dizer "uai"...

É ser diferente.

É ter marca registrada.

É ter história.

É ser amigo, amoroso e romântico.

Ser mineiro é ter simplicidade e pureza,

humildade e modéstia, coragem e bravura,

fidalguia e elegância.

Ser mineiro é ver o nascer do sol e o brilhar da lua,

é ouvir o cantar dos pássaros e o mugir do gado,

é sentir o despertar do tempo e o amanhecer da vida.

Ser mineiro é ser religioso e conservador,

é cultivar as letras e as artes,

é ser poeta e literato,

é gostar de política e amar a liberdade..."

**

Ah, xô fala uma coisa proceis (deixa eu falar uma coisa pra vocês)

num sei si oceis sabe (não sei se vocês sabem)

mas eu sei faze uma receita cazera bem boa,

de môi de repôi nu ái e ói(molho de repolho no alho e óleo)

ovô passa proceis (eu vou passar pra vocês)

prestençao (preste atenção)

*RECEITA CAZÊRA MINÊRA DE:

MÔI DE REPÔI NU ÁI I ÓIGRIDIENTE:

* 5 denti di ái;* 3 cuié di ói;

* 1 cabessa de repôi;

* 1 cuié di mastomati;

* sá agosto;

*MODI FAZÊ:

* Casca o ái, pica o ái i soca oái cum sá;

* Quenta o ói na cassarola;

* Foga o ái socado no ói quenti

*Pica o repôi beeemmm finim;

* Foga o repôi no ói quenti junto cum ái fogado

* Põi a mastomati i mexi cuma cuié prá fazê o môi

* Tá pronto modi cumê.

SIRVA CUM RÔIS E MELETI

**

E isso ai, sou mineirinha da gema,

e ser mineira é bao dimais da conta sô!

**

Beijin com carin de sempre!!!

3 comentários:

  1. Oh, sô que eu ainda me mudo pra minas e chego ai de trem, uai.
    Bjussss.

    ResponderExcluir
  2. Ricardo zaniratto22 janeiro, 2007 13:46

    Vou ter que pedir umas dicas pro meu pai pra aprender direito esse tal mineirês,é complicado dimais da conta,sô.rs....essa sua receita da môi di repôi com aí e oi....deve ser um trem bom di cumê...rs....eita povo hospitaleiro é o povo mineiro.

    Beijoca.

    ResponderExcluir
  3. Muuuito bom!
    Nao sou mineira, mas admiro d+++ esse povin, rsrsrs

    ResponderExcluir

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!