segunda-feira, novembro 06, 2006

Lembranças...


Olhar perdido, longínquo, procurando talvez uma resposta, querendo uma resposta de algo que nem resposta tem.O passado volta a mente, minha infância já tão distante, e então vejo meu pai, minha mãe, fazendo parte desse momento da minha vida. Ah! Dor que tanto machuca, dor de uma ferida que sangra, que fere e violenta minha alma. Só queria poder dormir durante todo o tempo que o tempo precisa pra cicatrizar essa dor. Só queria poder olhar o tempo que passou e poder voltar nele novamente, e sentir o cheiro de perfume bom que minha mãe tinha, e sentir o olhar do meu pai em mim. Somos tão egoístas, achamos que pai e mãe são eternos, que eles vão viver pra sempre em nossas vidas.Estou me sentindo tão só, tão triste, revivendo todas as lembranças, tudo aquilo que me fez feliz um dia, a minha infância querida, aqueles tempos que nunca mais vão voltar, lembranças de um tempo que nunca irão se apagar da minha memória.
**
In Memoriam da minha mãe e meu pai.
*
Beijos carinhosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindos ao blog Cheiro de Perfume.
Obrigada pela presença e pelos comentários aqui deixados.

Um grande beijo!